Como publicar um livro?

Confira a saga para publicar um livro no Brasil. Com e sem editora!

Iniciei recentemente uma pesquisa sobre “como publicar um livro”. Motivo? Quero publicar um livro! Rsrsrs! O sonho de ser escritora nasceu após ganhar meus primeiros livros de romances e poesias, no começo da adolescência.

De lá para cá muitos outros sonhos foram tomando conta de mim. Sou uma sonhadora nata! Após a conclusão do Mestrado, esse sonho despertou novamente e comecei a pesquisar no Google (quem sempre?) 🙂 e pedir orientação a professores que já tiveram livros publicados.

Já não quero escrever romances, o foco mudou. Quero abordar temáticas contemporâneas da Comunicação Social. Mas, sim. Como fazê-lo?

Adianto: se você não é um autor conhecido, se você não é professor do quadro permanente de uma universidade pública que possua uma editora própria, se você não tiver dinheiro para investir…A saga será longa.

Mas, não é por isso que iremos desistir, não é mesmo?

Sigamos.

Passo 1

Primeiramente, a pergunta primordial que eu faço a você é: a obra que pretende publicar já está pronta? Caso sim, avance uma casa. Caso não. Corra! Afinal, essa é apenas uma das etapas mais difíceis do processo: a produção intelectual.

No meu caso, pretendo publicar o estudo científico que desenvolvi no Mestrado, culminando na dissertação. A banca avaliadora do dia da minha defesa pública da dissertação indicou que eu publicasse a pesquisa 🙂 , era o começo de um sonho.

Estou na etapa da edição para que a obra fique com características de um livro, por exemplo, tenho que editar as partes nas quais eu falo “nesta pesquisa científica…” para “neste livro….”. Mudarei o título também para algo mais “comercial”.

Passo 2

Escolher uma editora de livros e enviar a obra para análise. Se eles derem parecer positivo, sua produção poderá ser publicada.

Até aqui, tudo parece lindo, não é mesmo? MAS, estamos no Brasil! País no qual há uma forte barreira para um autor desconhecido publicar um livro. Sabe qual é? A barreira financeira. Os custos são elevadíssimos! Quase cai para trás quando liguei para uma editora de Curitiba, cuja indicação recebi de um querido professor.

Um livro com uma média de 150 a 200 páginas pode lhe custar a “bagatela” de R$5.000!!! Nesse momento me perguntei: troco meu carro velho ou publico um livro? Rsrsrs Crise existencial.

Passo 3

Passado o susto da ligação, dediquei-me a pesquisa outras vias para publicar meu livro. Afinal, iria pagar caro à editora e os direitos autorais giravam em torno de apenas 10% a 15% para cada obra vendida. Entende porque eu disse que escrever o livro era apenas uma das etapas difíceis do processo? Dois anos de dedicação desenvolvendo uma pesquisa científica, para receber em troca um ínfimo valor de direitos autorais. Não é justo, Brasil!

Descobri então que poderia eu mesma produzir meu livro. Mas, o percurso é longo! Vejamos:

Passo 4

Gráfica

Solicite um orçamento para uma gráfica de sua cidade. Eles irão te pedir informações tipo: quantidade de páginas, papel que desejas imprimir, tipo de capa, quantas cores você irá utilizar, etc.

É fundamental também que você contrate um revisor para seu livro antes de manda-lo para impressão. Os preços variam de cidade para cidade, mas, mesmo sendo um pouco salgado, é um investimento necessário.

Passo 5

ISBN

É importante que seu livro possua um ISBN (International Standard Book Number), que é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição. Ele é utilizado também para identificar software, seu sistema numérico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras linguísticas e facilita a circulação e comercialização das obras. O valor para obter o ISBN é baixo, R$20.

No entanto, para obtê-lo é necessário que você seja cadastrado na Agência Brasileira do ISBN como editor autor, aí os custos já aumentam. O valor é de R$270. Mas, você só precisa fazer o cadastramento uma única vez.

Como pessoa física, só é permitida a publicação de até 30 obras. Após essa quantidade, só publica como editor pessoa jurídica.

Clique aqui e veja mais informações

Passo 6

Comercialize seu livro

Como? Bom, aqui começa a parte da criatividade! Esse passo merece um post exclusivo, mas de forma sucinta, você pode vender seu livro em sites como o Amazon.com.br. A amazona foi das empresas pioneiras nos EUA a vender na Internet! Ao entrar no site, é possível ver o passo a passo de como inserir um livro para venda.

Além disso, você pode usar suas próprias redes sociais presenciais e online para fazer a divulgação da sua obra.

Uma boa ideia é fazer um coquetel de lançamento na qual você convidará pessoas que possam ter interesse em comprar seu livro, bem como em divulga-lo. Mapeie seu público alvo! Ele será vital para que sua obra seja um sucesso de vendas.

Ah, claro, chame toda a família! Rsrsrs!

Passo 7

Faça um e-book

A etapa “gráfica” pode ser excluída, tão logo os custos reduzidos, caso opte por lançar seu livro apenas digitalmente. Certamente precisarás da ajuda de um profissional, em especial um design, para essa tarefa.

Eu, particularmente, sou amante do livro impresso, por isso, seria frustrante, para mim, não ter uma versão de papel do meu próprio livro. Mas, isso é uma particularidade minha!

Bom, espero que tenham gostado desse conteúdo. Caso sim, compartilhem  😉 Agradeço desde já. Quero saber também sobre as experiências de vocês em relação à publicação de livros. Isso poderá me ajudar e ajudar a muitas outras pessoas! O post está aberto para edições futuras…Basta você colaborar 😉

OBS1: Mesmo sabendo que é possível SIM publicar de forma independente, ainda não estou certa de que seguirei esse caminho. Muitas dúvidas me perseguem…Principalmente sobre o peso ou não de publicar por uma editora. Alguém me ajuda?

OBS2: Fui convidada recentemente a publicar meu estudo científico por uma editora alemã, sem custo nenhum para mim! OMG! Quase enfartei quando recebi o convite via e-mail, no entanto, estou com muitos receios quanto aos meus direitos autorais. Mais medo ainda devido a editora ser estrangeira…Há muito o que ponderar ainda. Alguém viveu experiência semelhante?

Conto por aqui os próximos capítulos dessa aventura.

Preciso encerrar. O post tá enorme! Tchau gente. Boa sorte para nós nessa saga da publicação!

Por: Walline Alves

 

 

 

2 comentários Adicione o seu

  1. Rodrigo Portela Martins disse:

    Parabéns post muito top

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s