Ser criativo: eis a questão!

Criatividade é ponto-chave para o profissional deste século

A criatividade é a característica ou qualidade de quem é criativo, ou seja, de quem consegue criar, inventar, inovar sempre que necessário e em qualquer esfera: artística, científica, educacional, esportiva, etc.

No acirrado mercado de trabalho em que vivemos, ser criativo é uma qualidade essencial para os profissionais, em todos os graus de hierarquia.  O autor Kenneth Robinson frisa que a criatividade deve ser tratada sob o mesmo status da alfabetização, pois é tão importante quanto ela.

Muitas pessoas são consideradas “não criativas” e/ou se autointitulam dessa forma. Porém, Robinson acredita que todos nós possuímos talentos naturais e habilidades inerentes e temos que ter o direito de descobrir e explorar isso.

No entanto, esse “direito” é, de certa forma, bloqueado no sistema formal de educação, diz o autor. Ele acredita que há uma ‘obsessão’ em desenvolver apenas as habilidades acadêmicas dos estudantes para que eles possam obter êxito ao final do ensino básico e, posteriormente, ingressar na faculdade. Dessa maneira, há graves falhas em não conectar os alunos aos seus talentos, matando assim a criatividade. Por isso, ele defende arduamente que a criatividade deva estar presente nas práticas educativas do século XXI.

Como aumentar a criatividade?

Uma das premissas para que a criatividade seja potencializada é estimular a si mesmo a não ter medo de falhar. O temor diante da possibilidade de fracasso bloqueia seu processo criativo. Então, permita-se ousar mais. Henry Ford dizia que o fracasso é uma forma excelente para recomeçar, porém, de forma mais inteligente. Os erros impulsionam o pensador criativo. No entanto, o escritor Alberto Dell´Isola, frisa que isso não significa que você passará a desenvolver projetos de alto custo sem calcular os riscos desse ato. Seria um ato ignorante esse.

Mas, no campo das ideias, qual o risco você correria ao lançar uma nova ideia? Após conhecer mais sobre si mesmo e descobrir o que te move, com paixão, no campo profissional, é fundamental que você deixe o medo de parecer ingênuo ou tolo demais e passe a criar nossas perspectivas, sabendo lidar com as críticas que, certamente, virão.

Dell´Isola ressalta que o condicionamento operante da mente é também uma armadilha que bloqueia o aumento da criatividade. Não limite-se em acreditar que você “está sonhando demais” e “que isso não pode dar certo”. Não se condicione a viver dentro de limites imaginários que lhe impuseram desde a sua infância. Você pode muito mais do que imagina, basta ser um observador de si mesmo e perseverar naquilo que almeja.

As pessoas com grau de criatividade mais desenvolvido diferem-se visivelmente dos demais. Elas batalham com mais ênfase para desenvolver todas as suas habilidades, logo são mais autorrealizadas e possuem características marcantes, tais como: são muito mais curiosas; bem-humoradas; independentes; colocam suas ideias em prática; são persistentes; têm facilidade no aprendizado, possuam uma visão de mundo diferente, estão sempre disponíveis à mudanças; são mais tolerantes; espontâneas; têm menos necessidade de luxos do que os demais; tem grande capacidade de apreciar as experiências mais simples da vida; lidam de forma equilibrada com o estresse; avaliam com mais criticidade as diferentes culturas; entre outras.

Faça uma autoavaliação, veja quais condicionamentos te bloqueiam mentalmente e permita-se ser um profissional criativo. Alguns fatores no ambiente de trabalho podem ser vilões contra a criatividade, em especial, o barulho, a desorganização, a falta de investimento, o não reconhecimento de suas ideias e potencialidades. Mas, no geral, para ser um profissional mais criativo só depende de você.

Gostou do tema? Deixo aqui duas sugestões de leitura:

Libertando o poder criativo, de Kenneth Robinson

Mentes Brilhantes – Como desenvolver todo o potencial do seu cérebro, de Alberto Dell´Isola

Por: Walline Alves

 

6 comentários Adicione o seu

  1. Venilson disse:

    Gostei muito da leitura e o tema é muito interessante também! Parabenizo pela iniciativa de falar sobre assuntos tão relevantes de forma fácil, leve e acessível.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Venilson! É gratificante saber que você gostou do post!

      Curtir

  2. Felipe Rodrigues disse:

    Wal, que máximo teu conteúdo. Parabéns pela iniciativa e obrigado pela contribuição!

    Curtir

    1. Obrigada Felipe! Feliz por você estar por aqui também!!!!
      Abraços

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s